Como criar hábitos que vão te dar um up em 4 passos

Experimente criar hábitos que te impulsionam para frente

Compartilhe este post:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

A mudança é algo constante em nossas vidas. Mudamos de escola, de trabalho, de carro, de roupa… E há sempre um bom motivo por trás dessas mudanças. Ainda que inconscientemente, esperamos que as mudanças tragam uma melhora para a nossa vida. Mas e quando queremos criar ou mudar um hábitos? Infelizmente essa tarefa não é tão simples quanto comprar algo.

Pensando nesta dificuldade, nos inspiramos no livro “O Poder do Hábito”, de Chales Duhigg,  para trazer um passo a passo de como criar um novo hábito ou mudar um hábito antigo. 

Hábito X Estilo de Vida

Antes de tudo, acho válido diferenciar esses dois conceitos. 

De acordo com a Wikipedia, “um hábito é uma rotina de comportamento que se repete regularmente e tende a ocorrer subconscientemente”. Por outro lado, o estilo de vida é uma expressão moderna que se refere à estratificação da sociedade por meio de aspectos comportamentais, expressos geralmente sob a forma de padrões de consumo, rotinas, hábitos ou uma forma de vida adaptada ao dia a dia”, sendo literalmente a forma com que se vive.

Ainda, de acordo com a Regra 21/90, são necessários, no mínimo, 21 dias ininterruptos praticando uma tarefa para que ela se torne um hábito, e mais 90 dias para que o hábito se torne um estilo de vida. Interessante, não?!

Alcance suas metas criando de pequenos hábitos

Saber tudo isso nos dá mais uma estratégia de alcance de metas, tornando nossos objetivos muito mais alcançáveis.

A ideia aqui é fazer com que a meta seja distribuída em pequenos hábitos que farão você vê-la sendo cumprida todos os dias, e para isso você pode (e deve) utilizar um planner para organizar esses hábitos e fazer um planejamento por tarefas. Gostou da ideia? Então já anota estes 4 passos para criar um hábito.

Criar hábitos em 4 passos

Os 3 pilares que sustentam os hábitos são:

  • Gatilho: O que te faz ter a vontade de “fazer aquele hábito”. Ex.: Um dia estressante;
  • Rotina: A sequência de ações daquele hábito. Ex.: Ir à cafeteria comer um biscoito;
  • Recompensa: O que você recebe em troca daquele hábito. Ex.: Momento de pausa do trabalho e conversa com os colegas.

Assim, o gatilho desencadeia uma rotina, que gera uma recompensa, criando um ciclo vicioso do hábito. Por isso, para mudar um hábito, é preciso interferir nesses 3 pilares.

Outra observação muito importante é que mudar um hábito em grupo é muito mais fácil do que mudar sozinho. A fé e a força de vontade também são de extrema importância para se conseguir criar um hábito. 

Pense em uma mulher que precisa perder peso. Se ela fizer a dieta sozinha enquanto todo o resto da casa continua com os velhos hábitos, por mais que ela tenha força de vontade, será muito difícil permanecer. O ideal é que toda a família mude junto, dando suporte um ao outro.

1- Identifique a rotina que deseja mudar

Muitas pessoas não conseguem alcançar a mudança pois elas nem ao menos entendem o que realmente querem mudar e o porquê, por isso, o primeiro passo é entender qual rotina (tarefa/hábito) você deseja mudar e o porquê você quer essa mudança. Ter esse entendimento claro vai te ajudar a não se perder no processo e nem desanimar. 

2- Comece a criar novas recompensas através de novos hábitos

Outro pilar dos nossos hábitos são as recompensas que eles nos geram. Essas recompensas geralmente são sentimentos ou sensações e é preciso observar atentamente esses hábitos se quisermos descobrir quais são elas. 

Um exemplo de recompensa é a disposição que o café nos dá. Portanto, se o hábito a ser mudado for o de tomar café, é preciso fazer outra coisa que gere novas recompensas, tão boas quanto, como fazer um exercício, por exemplo. 

3- Isole o seu gatilho

Essa é uma tarefa que exige bastante atenção, mas uma vez descoberto o seu gatilho, você poderá dominar o hábito que quer mudar. 

Por exemplo: se o hábito a ser mudado for o de comer menos doce e você percebeu que o gatilho para esse hábito é a monotonia do trabalho, busque fazer coisas diferentes que mantenham a sua mente ocupada.

4- Faça um planejamento para criar novos hábitos

Por fim, ter um planejamento muito bem estruturado de todos os hábitos que você quer mudar ou adquirir e tê-los organizados por dia, em formato de check-list, lhe trará a sensação de pequenas vitórias durante o dia, o que influencia muito na nossa capacidade de permanência e na motivação. 

Por isso, preparamos um modelo de planner perfeito para você que quer criar novos hábitos. Junte o planner com as dicas que demos aqui e seu sucesso será garantido!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Que tal receber novidades sobre organização pessoal e a ByDelta?

Inscreva-se e receba nossas atualizações diretamente no seu e-mail​

Outros artigos:

5 motivos para usar o ByDelta
Organização pessoal

5 Motivos para Assinar o ByDelta Hoje

A inovação é algo que causa certa estranheza quando chega. Porém, sua principal função é resolver um problema (ou vários). Assim nasceu o ByDelta! Pensado levando